# 43 - Respostas aos incrédulos e crentes


É comum ver pessoas incrédula, céticas ou ateístas retrucarem ao ouvirem a afirmação de que somente em Jesus existe possibilidade de vida eterna e salvação para a alma. O pensamento da grande maioria das pessoas gira em torno de algumas perguntas retóricas, que por sua vez são respondidas pela igreja evangélica de forma insuficiente e até pré-conceituosa, por isso tentarei responder a estas questões, pela ótica do evangelho simples do amor e graça de Deus que tenho pregado e viverei para pregar.


Deus se importa mais com a escolha da religião do que as atitudes de uma pessoa?

A resposta da primeira pergunta é bem lógica e simples para qualquer um. “Não! A religião não salva ninguém”, mas tenho visto que muitos dizem isso com a boca enquanto demonstram o contrario com suas atitudes, afinal quando alguém diz crer em Deus, a primeira pergunta que se faz é sobre o nome da igreja na qual este alguém está congregando, isso acontece porque no pensamento religioso qualquer um que creia em Deus deve ir parar em alguma igreja! Nas entrelinhas de suas palavras, os religiosos dizem que ainda que sua vida seja transformada por Deus, você só será salvo se for cristão-religioso e membro de alguma igreja-institucional.

Se religião não salva, por que dizem que se eu não for cristão serei condenado?
Afinal o que importa para Deus é falar de Jesus ou viver a vida como ele ensinou?

Embora os religiosos achem que cada um será julgado por suas atitudes e escolhas em vida, contraditoriamente também acham que a escolha religiosa supera o peso das atitudes, gerando um grande caos irracional! Afinal, cada um será julgado por suas obras, mas não adianta viver de forma certa se não estiver no grupo religioso certo! Deste modo se alguém andar e viver como Jesus, mas for budista-espirita-judeu-etc, nunca entrará no reino de Deus por causa dessa escolha “errada” de religião! É como se Deus falasse lamentando “Ghandi bem que merecia entrar no céu, mas escolheu a religião errada! Que pena!”

Entendam que Não estou dizendo que qualquer religião herdará o reino de Deus, Ecumenismo não é o caminho de Deus, mas apenas estou afirmando que salvação não é questão de religião certa ou errada, nem de méritos ou barganhas embora muitos entendam assim.
Para os religiosos, não importa a vida que se leva, mas sim a que grupo religioso se faz parte! Não importa também a maneira como se trata o próximo, mas somente a teologia que se diz crer e muito menos importa a bondade do coração, mas apenas as afirmações que se faz sobre como é Deus e como ele quer que vivamos. Não é disso que é feito o caminho do evangelho! Não mesmo, por isso muitos da "religião certa" serão condenados ao inferno!!!

Se muitos cristãos serão condenados, será que não posso ser de qualquer religião?
Afinal seremos salvos de acordo com nossas ações durante a vida ou escolha religiosa?


Religião não salva e Deus não é evangélico, afinal muitos evangélicos também serão condenados! Bom comportamento e boa conduta também não salvam! Aqui mora uma grande armadilha! Pois muitos acham que o caminho para se obter a salvação são as boas obras ou uma religião certa! Todavia o ensino dos apóstolos difere disto.
A bíblia nos mostra que se Deus procurar alguém santo e com atitudes dignas de salvação, ele não achará um homem se quer e também diz que muitos que se dizem dele pela religião, não o são na prática de suas vidas! Seja pela conduta ou pela crença, Nunca existiu e nunca existirá alguém de quem Deus olhe dos céus e diga “Este é meu filho amado em quem me alegro”. Somente acerca de Jesus se ouviu tal testemunho vindo da boca de Deus! (Mt 3:17)

Verdadeiramente eu digo e Direi sempre que o que nos salva de condenação eterna é nada mais e nada menos do que a fé no amor intenso, libertador e gratuito de Deus, que em Jesus se manifestou visivelmente aos homens para deixar claro o que está escrito: Que todos pecaram e todos são carentes do perdão de Deus (Rm 3:23). É por isso, e somente por isso que O justo viverá pela fé, afinal “Quem pode dizer: Purifiquei o meu coração, limpo estou do meu pecado?” (Pv 20:9).

Creio profundamente que Jesus cristo é o caminho, a verdade e a vida, todavia não posso dizer que a igreja-religião-evangélica também o seja! Os que crêem assim deveriam saber dizer em qual igreja o eunuco (convertido por Felipe) foi congregar na Etiópia? Ou por que os discípulos de João Batista foram aprovados por Jesus mesmo não andando com ele nem com os seus apóstolos? Ou por que Jesus PROIBIU o ex-possesso de gadara a andar com ele e seus seguidores?

De fato, o importante não é ser membro da religião certa, mas ser templo de Deus onde se estiver, pois Deus habita em corações humanos e não em templos de pedra. Se for possível e sadio o convívio com alguma igreja denominacional ou grupo cristão fixo, OK! Vá fundo! Mas o importante não é isso, mas sim a fé que se tem no amor de Deus e que atua tão forte em nós, que nos transforma em novas criaturas que Vivem intensamente no amor ao invés de nos afundarmos no pecado, Pois será salvo quem perseverar nessa fé até o fim!


Por que precisamos ir para um templo-igreja se Deus está em todos os lugares?


Isso é outra verdade que os religiosos não conseguem aceitar! Deus realmente está em todos os lugares e as pessoas que vão para um templo para se sentirem próximas de Deus, ainda não entenderam o novo e vivo caminho proposto no evangelho. Sei que tenho total acesso a Deus pela oração em nome de Jesus, entretanto o ensino de Jesus e dos apóstolos deixa claro que ninguém deve andar sozinho na fé, portanto mesmo tendo Deus em qualquer lugar, eu também preciso ter Deus através do proximo e devo também manifestar Deus ao próximo.

A união entre os irmãos na fé é semelhante ao corpo de Jesus cristo quando ele andava encarnado na terra, ou seja, esta é a forma mais visível para os incrédulos notarem o amor de Deus a todos os pecadores. Este corpo-igreja deve estar saudável, lúcido e forte, para que o Cristo que não anda mais entre nós encarnado, mas que está em nossos corações, possa terminar a obra que ele mesmo começou a fazer na humanidade antes da fundação do mundo, a saber: a salvação de todo aquele que crer na loucura da pregação e mergulhar de cabeça no amor de Deus pela fé que aceita Jesus como nosso fiador em nossa divida eterna (pecados) para com o próprio Deus.

Reunir-se semanalmente como fazem as igrejas e grupos cristãos, só é bom quando entendemos que a essa união deve gerar crescimento e amadurecimento na fé, amor e esperança de todos. Quando 2 ou 3 se reúnem em fé, até o esgoto vira catedral divina e o espírito de Deus se manifesta de varias maneiras, mas a maior delas é através do ensino da palavra de Deus, conforme Jesus, para que cada ouvinte seja consolado, exortado e confortado por Deus, para se aperfeiçoarem como gente boa de Deus, continuando a perseverar no caminho das boas obras do amor de Deus, com muita vigilância e oração até o fim.

Eu ainda congrego numa igreja Batista e faço parte do ministério-liderança da mesma, atuando diretamente com os jovens, seja pregando, ensinando ou apenas compartilhando com simplicidade as maravilhas da palavra de Deus. Faço isso tudo por entender como é bom que vivam unidos os irmãos, pois nesta sincera união, o senhor derrama bênçãos sem medida (sl 133), mas quando o grupo no qual eu faça parte se perder do caminho de Deus e se tornar rebelde à sã doutrina do evangelho de Jesus, eu serei o primeiro a abandonar o barco, afinal nenhum grupo detém a salvação.

Creia no que direi agora!
Somos salvos, perdoados e redimidos apenas pela fé no amor de Deus, revelado em Cristo Jesus e saiba que Deus decidiu que fosse assim para mostrar a suprema riqueza da sua graça, e bondade para conosco, em Cristo Jesus. Porque de graça somos salvos, pela a fé; e isto não vem de nós; é dom de Deus; e não é resultado de boas obras para que ninguém se sinta merecedor de salvação, Pois na verdade, todos nós fomos criados por Deus para realizar boas obras de amor, tais obras Deus sempre desejou que realizássemos. por isso elas não são nada mais do que nossa obrigação, conforme está revelado em Efésios capitulo 2, nos versículos 7 até 10.


Fiquem com Deus, aquele que fez de Jesus uma espécie de Arca de Nóe, Pois nele todos são salvos dos dilúvios da vida e das enchentes de blasfêmias que inundam o mundo, ainda que cada um seja um animal diferente do outro, todos serão igualmente salvos por esta arca de Deus e não pelo animal que somos.


PEP

21/09/09

  1. gravatar

    # by Alex Malta Raposo - 7 de outubro de 2009 05:21

    Querido irmão,

    Já sigo este edificante espaço há algum tempo.

    Ele também encontra-se contemplado na minha relação de banners.

    Para divulgar o meu espaço, gostaria imensamente de figurar no Vento Sopra também.

    Pode ser um link, blogroll ou como banner.

    Aguardo notícias.

    Forte abraço