# 22 - Crendo sem ler ou lendo sem crer ?

Nos primeiros dias do ano, estive em um churrasco na minha igreja. Durante o evento eu conversei com alguns irmãos e uma conversa em especial ficou na minha memória. Quando o assunto foi: O motivo de coisas ruins acontecerem aos crentes e as tentativas de se entender-explicar-defender Deus diante da catástrofe.

No meio religioso é comum ver pessoas tentando defender a Deus. Assim como os amigos de Jó fizeram, muita gente faz com os irmãos hoje em dia. Quando acontece algo catastrófico e sem nenhuma explicação plausível, a primeira coisa que se faz é tentar racionalizar o evento caótico dentro de uma lógica que sempre defende Deus e acaba jogando a "culpa-causa" do evento sobre o irmão que está suportando o problema em dores.

Esse tema é bem difundido em O Enigma da Graça (livro do Caio Fabio) e eu não quero falar sobre isso.

O que mais me intrigou na conversa, foi a resposta de um dos envolvidos quando eu perguntei à ele se ele acreditava que todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus e vivem segundo o seu chamado. Ele me disse convicto que acreditava e na seqüência eu pedi que falasse o motivo pelo qual ele acreditava nisso e ele tão somente me falou que cria porque estava escrito na bíblia.

Foi neste momento que eu vi como as pessoas só aceitam os fatos da vida quando relatados na bíblia. E isso não acontece devido à fé no amor de Deus ou num entendimento do que os profetas e apóstolos viveram e escreveram, mas apenas crêem pelo fato de que acham que tudo que está lá é verdade que deve ser assumida, confessada e propagada ainda que não se saiba o motivo e nem se entenda a profundidade, largura e comprimento da coisa toda!

Aparentemente isso não tem mal algum, mas numa olhada mais profunda veremos que as pessoas realmente andam lendo a bíblia sem crer nela com a fé do amor, mas com a "fé" religiosa. Por isso que você mostra um texto para algumas pessoas e elas só dizem o que acharam após saberem de que religião é o autor. Uma pérola de sabedoria oriental se torna esterco para a cristandade apenas por não ter sido um comentário feito por um dos seus ícones televisivos.

Entendendo que a graça de Deus alcança quem ele quer no momento desejado por ele e que não está limitada a nada a não ser a sua própria vontade, eu consigo entender que toda terra esta cheia da glória de Deus e que muitos foram, são e serão salvos fora das religiões e muitos dos membros religiosos desses grupos serão apartados no dia do juízo por serem os verdadeiros ímpios. Isso me leva a uma conclusão que causa medo e espanto diante da revelação da graça de Deus e do descaso dos religiosos com as experiências da vida comum.

Tem gente Crendo sem ler, assim como tem gente lendo sem crer.

As implicações dessa afirmação são animadoras, pois manifestam a verdade de que quando Deus quer se revelar para uma pessoa ele o faz e a pessoa acaba crendo mesmo sem ter lido nada acerca do evangelho (caso de Saulo de tarso, Jó, Abraão etc). Mas existe uma implicação preocupante que nos revela a realidade de que muitas pessoas estão lendo para crer de forma que se não lerem algo, em nada crêem e assim sendo, precisam que alguém lhes diga tudo.

Não aprendem nada com a vida e nem com o que estão lendo, pois a letra mata quando é apenas decorada e memorizada maquinalmente, mas pode trazer vida quando observada com espírito de discípulo.

Realmente se Paulo não tivesse escrito que tudo coopera para o nosso bem, a maioria das pessoas nunca chegaria a esta conclusão somente pela experiência de vida e pior a grande maioria das pessoas nem aceitaria essa frase como verdade. Parece até que estou fazendo tempestade em copo d’água, mas pensem comigo e se questionem das seguintes maneiras:

Será que as pessoas que viveram antes de Paulo escrever esse verso acreditavam no texto?
Como será que Paulo chegou a esta conclusão sem ter lido ela em algum lugar?

Essas duas perguntas têm respostas bem simples, pois a verdade é que todos os santos de Deus sempre acreditaram que todas as coisas aconteciam para o seu bem e isso não é fruto de leitura, mas de confiança no amor de Deus e fé nEle. Por confiar e crer no amor do pai foi que Paulo entendeu essa grande verdade que a vida nos ensina, e qualquer um pode ter essa revelação!

A verdade é que quem anda no espírito do evangelho recebe revelação de Deus antes mesmo de receber instrução teológica-religiosa.

A vida me fez chegar ao entendimento de que tudo coopera para o meu bem e mesmo que Paulo nunca tivesse escrito isso eu teria isso como revelação e palavra de Deus em minha vida.

Quem anda no espírito da graça sempre aprende e tira lições de tudo que acontece.
É por isso que Enoque andou com Deus sem ter lido nada e Nóe foi pregador da justiça antes do advento da lei.

Eu não creio que tudo coopera para o meu bem por que Paulo falou, mas porque eu tive a mesma revelação que ele, após iniciar minha caminhada com Jesus em sinceridade e simplicidade.

A pessoa que diz crer em algo só porque está escrito, na verdade não teve o texto como revelação divina, mas como instrução religiosa. Isso é perigoso, pois deixa um espaço para dúvida e questionamentos interiores que gerarão conflitos psicológicos. A pessoa entende que tem que aceitar aquilo como verdade, mas não consegue entender o que aceita, mas também não consegue questionar, pois todos crêem e aquilo vem de Deus. Muito menos pensa em apenas deixar isso de lado e seguir a vida, pois se assim fizessem, ela mesma (vida) revelaria a ele o que é e o que não é verdade. Fuja disso!

Nessa conversa muitos santos vieram a minha mente, santos esses que viveram séculos antes de Paulo mas que entendiam o caminho como ele entendia. Eu me apliquei a buscar frases e declarações dessas pessoas que fossem semelhantes às declarações de Paulo e manifestassem a certeza de que bem e mal são a mesma coisa quando se confia em Deus, pois no amor tudo é bom! Tudo isso para comprovar que "O que de Deus se pode conhecer, é somente o que ele mesmo revela" (Rm2)


"Porém ela lhes dizia: Não me chameis Noemi; chamai-me Mara; porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso."
(Rute 1:20)

Noemi após retornar à Belém viúva e sem filhos confessou que Deus operara esse "mal".
"Como fala qualquer doida, falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal?"
(jó 2:10)
Jó respondendo sua mulher provou que cria que tudo vem de Deus e com gratidão recebeu o bem e o mal.

"Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o SENHOR o deu, e o SENHOR o tomou: bendito seja o nome do SENHOR."
(jó 1:21)
Jó manifestando sua perplexidade depois de receber a notícia da morte dos filhos.

"E assim irei ter com o rei, ainda que não seja segundo a lei; e se morrer, morri."
(Estér 4:16)
Rainha Estér após decidir falar com o rei e tentar abençoar seu povo declara que estava disposta a tudo, afinal o que o justo tem a perder quando entende que até a morte coopera para o seu bem?

"Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei. E, ainda que não nos livre, fica sabendo, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste"
(Daniel 3:18-19)
Os amigos de Daniel manifestam total confiança em Deus, sabendo que tudo cooperava para o bem deles, não temendo nem reis nem fornalhas.

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação."
(Habacuque 3:18-19)

O profeta Habacuque manifesta em perfeição a idéia de Paulo e confirma que recebe tudo, pela fé, com ações de graças.

Esses são apenas alguns exemplos da bíblia, mas poderia citar vários outros de pessoas de outros credos e religiões. A verdade é que o melhor caminho para a vida sadia e santificada, é o caminho da fé onde se permite que a vida e tudo seja voz de Deus e nos ensine e nos revele os mistérios de Deus.

Assim como Paulo e os outros, relacionados acima, obtiveram o mesmo entendimento sobre a vida com Deus, porque seria diferente conosco? Vamos mergulhar na palavra buscando vida e revelação de Deus e não apenas chavões e frases de efeito. Vamos viver a vida, atentos às lições e parábolas do cotidiano, pois a inspiração divina nem sempre é uma voz audível como trovão.

Devemos crer não porque lemos, mas TAMBÉM porque lemos.

O mais importante não é o que se lê, mas o que nos é revelado por Deus ao ler e principalmente ao viver. O mais animador não é entender o que se lê, mas notar que o que nos foi revelado por Ele também foi revelado a outros e registrado na bíblia. Afinal, tudo que ele revela sempre bate com o que está nela, mas não como uma regra ou doutrina, mas tão somente porque ele assim desejou e quem for sábio que aceite isso com ações de graça.

Diante da perplexidade e das catástrofes da vida eu prefiro o silêncio e não defendo Deus, mas apenas espero ele me revelar o que ele pretende me ensinar com esses eventos, afinal tudo coopera para meu crescimento, fortalecimento e consolidação na fé e no amor do Senhor.

Sei que já escrevi muito, mas também isso coopera para o seu bem e para o meu, mas devo parar por aqui apenas ressaltando que creio na bíblia tão somente por que Deus me confirma que assim deve ser. Muitas vezes após, uma reflexão, eu chegava a uma conclusão "fantástica e nova" e depois me deparava com um versículo que dizia o mesmo! A vida é assim. Deus se revela a todo tempo e quem for sábio que se abra ao mover de Deus.

Fiquem com Deus, o único que mesmo tendo levantado profetas para falarem dele e por ele, ainda hoje se revela mais intensamente na vida cotidiana de cada um falando com sua própria voz ao coração de cada homem.

Forte abraço a todos

PEP
15/01/08

  1. gravatar

    # by Rosana Steimbach - 14 de março de 2008 20:34

    tenho achado grandes achados nesses ultimos dias! Bom não li o texto todo,pq ja passa de meia noite , mas a boa parte q li, bom...mt profundo isso...

    Tem gente Crendo sem ler, assim como tem gente lendo sem crer.

    bah! é isso!

    Bjão!

  2. gravatar

    # by Éverton Vidal - 16 de março de 2008 17:37

    Textao pep, já é a segunda vez que o leio rsrsr
    Sempre aprendo alguma coisa. Valeu pelos emails.
    Inté!

  3. gravatar

    # by Digao - 7 de abril de 2008 12:43

    Muito bom seu blog.

    E me amarrei neste texto.

    Abracos e fique na paz!!!

  4. gravatar

    # by maria luiza - 24 de abril de 2008 11:42

    PEP pelo pouco que eu jah li dos textos escritos por vc, esse texto foi o que mais me tocou e me motivou a ler mais oq vc escreve.
    muito show!!!

    MUÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ

    e fique na paz!!!


    by:malu!